Dos últimos anos para cá, as ofertas oferecidas no formato de assinatura têm crescido: streaming, TV por assinatura, cursos, academias, e até produtos como cervejas e vinhos, têm conquistado clientes que semanal ou mensalmente pagam para ter o produto ou serviço. Isso gera para as empresas uma economia da recorrência.

Por meio de pagamentos recorrentes, além da conquista de novos clientes, também é possível fidelizá-los, aumentando o faturamento. Por isso, dois grandes diferenciais entre negócios transacionais e os recorrentes são o modelo de gestão e as métricas. Afinal, ao invés de vender o produto somente uma vez, ocorre a venda de uma assinatura, o que gera uma previsão de receita ao saber que todo mês entra um valor X no seu caixa vindo de assinantes.

Por isso, preparamos este post para que você entenda o que é a economia da recorrência, para que serve, como aplicá-la e, ainda, 5 benefícios que ela oferece para as empresas. Confira!

Economia da recorrência

A base sólida e inteligente da cobrança recorrente é o meio de pagamento. Por mais que algumas empresas ofereçam recorrência em seus serviços, a maioria não automatiza a cobrança. Logo, é necessário que o financeiro cobre dos clientes todo mês, além de organizar os pagamentos em planilhas.

Quando o assunto é pagamento recorrente, a forma mais sadia de fazê-lo é por meio de cobranças no cartão de crédito ou boleto, de preferência via algum software de gestão financeira.

Dessa forma, você passa a ter um controle melhor da receita que passa a entrar todo mês, além de evitar o churn, isto é, quando um cliente faz cancelamento. Levando em conta que o seu negócio passa a contar com a importância das assinaturas que virão nos meses futuros, o churn é um dano fatal no seu fluxo de caixa.

Afinal, imagina se você decide fazer uma reforma no seu estabelecimento e conta com o dinheiro que entrará nos próximos meses, porém acaba tendo um número grande de perdas ou inadimplências. Considerando os imprevistos, controlar bem os pagamentos é fundamental para o sucesso da economia da recorrência na empresa.

Como funciona

A cobrança recorrente é algo que veio pra ficar, e isso se aplica em todos os segmentos, inclusive em empresas de varejo. Afinal, estabelecimentos como supermercados, por exemplo, também precisam se adequar às novas tendências de consumo e necessidade dos clientes.

E quando falamos de pagamentos recorrentes, não nos referimos a compras parceladas no cartão de crédito, e sim a serviços que os clientes pagam semanal, quinzenal ou mensalmente e que tragam vantagens para eles.

Se a sua empresa tem clientes que fazem compras regularmente, eles podem assinar um clube de desconto. Assim, ao pagar um valor mensal, passam a ter uma série de benefícios no estabelecimento, tais como cupons de desconto, brindes e afins.

Em caso de clientes que consumam avidamente um determinado tipo de produto, a eles pode ser oferecida uma assinatura voltada para o item. Por exemplo: um cliente que compra variados tipos de cerveja pode pagar por uma assinatura para receber uma newsletter com informações sobre cervejas, além de ofertas exclusivas nos produtos. E, para isso, conhecer o comportamento de compras dos seus clientes é fundamental.

Benefícios

Agora que você já sabe como a economia de recorrência funciona, descubra alguns benefícios e vantagens que ela pode oferecer ao seu negócio:

Satisfação do cliente

Num mercado cada vez mais competitivo, os clientes sempre buscam a opção que vai trazer a eles uma melhor vantagem, sobretudo no que diz respeito ao preço. Portanto, ofertas que tragam um pouco de economia ao bolso, além da sensação de se sentir querido e especial sempre irão proporcionar uma maior satisfação e melhor relacionamento com o cliente.

Fidelização dos clientes

Uma vez que os clientes estejam satisfeitos, o próximo passo é fidelizá-los. Até porque fidelizar um cliente é um processo muito mais econômico e prático do que conquistar novos clientes que ainda não ouviram falar da sua empresa.

A oferta de assinatura é um bom meio de manter os clientes fiéis já que eles passam a ter ofertas que normalmente não teriam em qualquer outro lugar. Uma outra vantagem que isso traz é que, de tão contentes que eles podem ficar, passarão a promover naturalmente o seu negócio a amigos, parentes, colegas de trabalho, etc.

Diferencial de mercado

Caso a sua oferta de assinatura seja exclusiva, isso lhe dá um diferencial competitivo de mercado ao oferecer algo que o público só pode adquirir com você. E, para que isso aconteça, dê uma olhada no que seus concorrentes andam fazendo em termos de plano de assinatura e também o que seus clientes gostariam de ter.

Dessa forma, você passa a se destacar dos seus competidores, não apenas por ter uma oferta única, mas também por se tratar justamente daquela que seu público tanto quer.

Receitas recorrentes

Quando os clientes vão até o seu estabelecimento, compram uma série de produtos e logo depois vão embora, muitas vezes sem retornarem para futuras compras. Esta insegurança faz com que o fluxo de caixa passe a ser instável, pois é difícil prever quanto o negócio vai faturar no mês corrente e tampouco nos próximos meses.

Uma vez que você tenha um número X de assinantes recorrentes, passa a ter uma previsão de receita mais assertiva e maior segurança para fazer investimentos que possam ser cobertos por meio desses ganhos que entram todo mês.

Menores custos

Como dissemos, o custo para trazer novos clientes até a sua empresa é alto. Afinal, é necessário executar estratégias de marketing para promover o estabelecimento, o que acaba consumindo considerável parte do seu faturamento.

Um serviço de assinatura requer um investimento menor, em muitos casos, sendo necessários apenas alguns cartazes na loja e um balcão próximo ao caixa, geralmente com um atendente convidando os clientes a fazerem parte.

Além do custo dessa ação ser menor, é simples acompanhar o retorno do investimento, basta que o total gerado pelas assinaturas cubra os gastos, mesmo que seja ao longo dos meses seguintes.

Seguindo essas dicas você também poderá passar a ter uma economia da recorrência na sua empresa. E, se já aplica a ação no seu negócio, deixe um comentário aqui no post e nos conte como tem sido a sua experiência.

Escreva um comentário

Share This