O avanço de novas estratégias ligadas às vendas inquieta o mercado e faz com que empresários se atentem às inovações e tendências para supermercados. Assim, visam um melhor rendimento financeiro, aumento de vendas e expansão de marketing para levar a marca de forma que não existam fronteiras físicas entre o gestor e o consumidor.

A praticidade do cotidiano leva consumidores a procurarem empresas que atendam suas necessidades. Isso força os mercados tradicionais a criarem iniciativas e saírem da comodidade.

Neste post, vamos mostrar as principais tendências para supermercados em 2018. Se você é da área do varejo e já possui uma linha de estratégias de vendas, mas não vê muitos resultados, e, principalmente, se ainda não iniciou um plano estratégico específico, este post é para você. Confira!

Saiba​ como melhorar o​ ​engajamento​ ​com​ o ​seu​ ​consumidor

Primeiramente, é necessário conhecer o significado da palavra “engajamento”. Este termo significa: interagir, se envolver e relacionar com a marca, uma relação que irá além da quantidade de seguidores em mídias sociais e/ou curtidas nos posts.

Confira duas dicas para aumentar e melhorar a interação e o relacionamento com o público:

Estimular conversas com seguidores em redes sociais

Nos perfis do Facebook, Instagram, YouTube, entre outras redes sociais, você consegue responder em nome da instituição. Sendo a própria marca a responder comentários e interações, atrair a atenção das pessoas fica muito mais fácil.

Então, faça posts em que os seguidores possam colaborar com sua opinião; curta e comente a sua participação. Isso poderá aproximar o seguidor e multiplicar o engajamento. Crie vínculo!

Agendar conversas com seguidores em redes sociais

Agende um dia e horário para responder às perguntas dos seus seguidores nas redes sociais. Durante esse horário, peça ao público da sua fanpage que encaminhe mensagens para que ocorra uma interação entre a marca e o consumidor. Isso mostra uma preocupação da empresa com o cliente.

Conheça o serviço de self checkout

Esse tipo de serviço tem sido muito comum nos Estados Unidos, onde o caixa eletrônico não é mais conduzido por um funcionário, ao invés disso, existe apenas a máquina.

O cliente passa os produtos no detector a laser. Em seguida, aparece o total a pagar. No verso da nota fiscal emitida, existem propagandas, e-mails, sites e promoções para engajar o cliente.

Existe um investimento nesses supermercados na questão de monitoramento de câmeras, pois, se algo inesperado acontecer, a empresa treina funcionários para diversas intervenções necessárias.

Veja as vantagens em implantar o serviço de self checkout:

  1. o tempo de retorno se torna mais sustentável;
  2. o custo operacional se torna menor, pois o supermercado recebe otimização de processos tecnológicos por meio da automatização que faz aumentar a agilidade e o fluxo de clientes;
  3. a rede vende e não há custo operacional, diminuição de gastos com a folha de pagamento, décimo terceiro salário, férias remuneradas e benefícios diversos ao não necessitar de operadores de caixa.

Entenda o que são supermercados​ ​digitais

Os supermercados digitais são aqueles que possuem um programa de otimização e monitoramento de produtos que integra o preço, informações dos itens e indicam uma mercadoria similar à buscada.

Por exemplo: o consumidor adentra ao supermercado e, para consultar preços, localizar o produto e o vendedor, é oferecido um sistema integrado para celulares, tablets e outros dispositivos. Por meio do sistema, todos os informes são apresentados na tela do seu aparelho.

Em supermercados digitais, há a possibilidade de busca de produtos por voz, em que você fala o nome da mercadoria e a informação (valor, variedade e marca) aparece instantaneamente, facilitando a decisão de compra do consumidor.

Considere os produtos orgânicos e saudáveis

Até aqui falamos mais sobre tecnologia, mas é bom ressaltar a variedade que há no mercado de varejo. Logo, consideremos também produtos naturais como parte essencial do sucesso da marca.

Os produtos orgânicos são aqueles livres de agrotóxicos. Normalmente, essas mercadorias têm na embalagem um selo que identifica se é realmente um alimento puro. Em geral são frutas, grãos, legumes e verduras que podem ser encontrados 100% naturais.

A geração fitness que cresce a cada dia tem foco nesse tipo de alimentação natural e saudável. Então, tem-se um mercado aquecido nesse tipo de varejo. Vale a pena investir!

Modernize com layouts inovadores

Para modernizar o modelo tradicional de supermercado é preciso possuir lojas bem organizadas e customizadas, dispor de diversos checkouts e possuir em torno de 5 mil itens. Faz-se necessário sempre buscar atender às necessidades de quem mora, trabalha e está de passagem pelo seu entorno.

Procure atender quem busca uma refeição rápida, prática e de qualidade. Seja ela para consumo no lar, na rua ou no trabalho. Tenha uma grande variedade de produtos e trabalhe com marcas próprias e também com as principais do mercado, uma vez que elas possuem maior aceitação e reconhecimento do público na hora da compra.

O objetivo maior é ajudar quem procura pelo produto de melhor custo-benefício.

Conheça 5 passos para inovar no layout:

  • saiba qual é seu foco;
  • monitore as informações;
  • invista em softwares;
  • observe os clientes;
  • capacite a equipe.

Essas dicas farão seu supermercado ter bons resultados de forma imediata, pois os clientes gostam de inovação, bom atendimento e praticidade.

Use tecnologia integrada

As inovações indicam para mudanças no papel que a tecnologia vai desempenhar nas vidas de cada um de nós. Isso nos ajudará mais e proporcionará uma interatividade mais natural. O mesmo acontecerá em mercados varejistas, em que, aos poucos, são implantados sistemas que integram a marca ao cliente.

A tecnologia de divulgação que era limitada anos atrás por e-mails e malas diretas, hoje se expandiu de forma global em meio às redes sociais e outras plataformas de mídias.

Veja alguns dos benefícios da integração tecnológica aos supermercados e a importância deles:

  1. organização das variáveis de mercado;
  2. otimização do tempo de gestão;
  3. automatização na emissão de notas;
  4. velocidade de atualização das informações;
  5. controle automatizado de dados financeiros.

Integrar seus produtos e seu mercado à tecnologia é algo cada vez mais urgente. Muitas empresas saem na frente de suas concorrentes quando investem em inovações tecnológicas.

Por isso, gestores varejistas precisam estar atentos e seguir as tendências para supermercados. Caso contrário, insistir apenas no mercado tradicional poder ser sinônimo de estagnação nas vendas.

A integração de sistemas e a otimização de gestão ajuda não apenas a organizar o seu negócio, como também a aumentar as vendas e “multinacionalizar” sua marca.

Gostou do post? Então curta nossa página no Facebook. Lá, além de ter acesso a conteúdos exclusivos, você poderá ainda interagir conosco e até mesmo tirar possíveis dúvidas.

Escreva um comentário

Share This